Posts

Preço no inbox

As mídias sociais são hoje uma poderosa vitrine para os empreendedores, onde eles podem divulgar produtos e serviços. Mas com isso também surgiu uma prática muitas vezes odiada, o tal do “preço inbox”, que nada mais é do que uma mensagem privada utilizada quando se deseja conversar exclusivamente com uma pessoa. 🗣

Mas vamos ao que interessa. Qual é a forma correta? Postar direto o preço ou levar o potencial cliente para a mensagem privada? Primeiramente gostaríamos de dizer que no marketing digital não existe regra absoluta, mas existem algumas práticas que podem ajudar você a decidir. Vamos analisar duas situações:

➡ Produto de alto valor agregado: neste caso como, por exemplo: imóveis, carros, etc. Ou quando o produto pode ser personalizado de acordo com a vontade do cliente, às vezes somente o preço alto postado sem informações adicionais pode afastar o cliente. Nesses casos o inbox pode ser uma saída, pois você conta com o atendimento de um vendedor ou especialista para orientar o processo de compra assim como destacar as vantagens, e por fim tem a chance de conquistar a confiança do cliente e fechar o negócio.

➡ Produtos comprados por impulso, com menor custo, esses costumam ser comprados por gratificação sem ter muito planejamento, no melhor estilo “eu mereço”. Nas compras rápidas o autoatendimento é o ideal, comprar por impulso está ligado à satisfação de ter o produto na hora. Nessa categoria estão: roupas, sapatos, cosméticos, acessórios etc. Colocar uma barreira nesse impulso como “preço inbox” pode dar mais tempo para o cliente pensar e abandonar o processo. O objetivo deve ser sempre facilitar essa operação.

Espero que ao entender esses conceitos fique mais fácil, para você que é empreendedor, definir sua estratégia. Boas vendas!